top of page

Untitled

Atualizado: 1 de jan. de 2021























23 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Cristianismo Primitivo

https://www.facebook.com/groups/1870891393174819/ https://www.youtube.com/playlist?list=PL2wUY8ehPvZkwmGPg5skPuqI-MRvy_cK9

3 Comments


"A bondade profunda só pode florescer em liberdade. Não

pode crescer no campo da persuasão, tenha ela a forma que

tiver, nem sob a influência de constrangimentos ou de recompensas.

Não se revela quando há qualquer espécie de imitação ou

conformismo e, naturalmente, não pode existir quando há medo.

Manifesta-se na conduta, uma conduta que emana da sensibilidade.

Esta bondade expressa-se na acção e é diferente de tudo o

que está ligado ao movimento do pensamento. É preciso compreender

o pensamento, que é extremamente complexo, e essa

mesma compreensão desperta-o para as suas próprias limitações.

A bondade não tem contrário. A maior parte das pessoas

considera-a como o oposto da maldade, do mal, e assim, através

da história, em qualquer…

Like



Like

Há pouco mais de um século, Helena P. Blavatsky publicou uma interpretação mística do Pai Nosso em seu jornal mensal “The Theosophist”, Adyar, Madras, Índia, fevereiro 1885 (pp. 100-101) e março 1885 (pp. 128-129). A oração, especificamente, está na edição de março, p. 129.


“Pai Nosso” do Iluminado

Pai Nosso – (Elevo meu pensamento a meu eu superior e ao supremo princípio criativo, à Lei Universal, fonte original de toda existência,)

Que estás nos céus, – (que vives nos planos superiores de consciência;)

Santificado seja o teu Nome; – (que possamos nós ter o devido respeito impessoal pela lei do universo;)

Venha o teu Reino; – (que nossos desejos e atividades sejam tais que a lei suprema possa cumprir-se plenamente;)

Like
Post: Blog2 Post
bottom of page